MedBolivia Medicina na Bolívia

Santa Cruz

Santa Cruz de la Sierra é uma cidade da Bolívia. Localiza-se no centro do país, nas margens do Rio Piray. Tem cerca de 1.594.926 habitantes, que unidos aos municipios de sua área metropolitana (municipios de Cotoca, Porongo, Warnes e La Guardia ) ascendem a 1.774.998. É a cidade mais populosa da Bolívia, e seu crescimento demográfico é o segundo mais rápido da América do Sul depois de Maracay, na Venezuela.

A cidade, comumente conhecida simplesmente como Santa Cruz, é a cidade mais importante do Departamento de Santa Cruz. Foi fundada em 1561.

História

Catedral Metropolitana o Basilica Menor de San Lorenzo A cidade foi fundada em 26 de fevereiro de 1561 por Ñuflo de Chávez, que nomeou o novo povoado em homenagem à Santa Cruz de la Sierra, sua cidade natal ubicada na Extremadura, Espanha. O estabelecimento original era na realidade a 220km ao Leste de sua localização atual, apenas a poucos quilômetros ao Sul da atual San José de Chiquitos. Após conflitos com nativos, a cidade foi mudada para a sua posição atual nas margens do rio Piraí em 1592. Ainda há resquícios da vila original e podem ser visitados no sítio arqueológico Santa Cruz la Vieja, Sul de San José de Chiquitos.

Santa Cruz é ligada por uma ferrovia à Argentina e ao Brasil (Estrada de Ferro Noroeste do Brasil), e ligada por uma estrada construída na década de 1950, a Trinidad, Cochabamba, e também por recentes rodovias pavimentadas para Camiri (que vai inclusive até a Argentina) e outra para Cochabamba.

Tem início em Santa Cruz de la Sierra o Gasoduto Brasil-Bolívia, com 3.150 quilômetros de extensão, sendo 2.593 em território brasileiro e 557 em território boliviano, exportando para o Brasil gás natural, sendo que as reservas de gás da Bolívia são hoje estimadas em 890 bilhões de metros cúbicos.

Como a cidade foi razoavelmente isolada até o começo do século XX, Santa Cruz tem muita arquitetura colonial, incluindo uma catedral do século XVI.

Geografia

A cidade de Santa Cruz de la Sierra está situada na margem direita do Rio Piraí. A área do município é de aproximadamente 325,57 km². Sua altitude média é de 439m acima do nível do mar.

Clima

Quente e subtropical, a temperatura media é de 24,6 °C. A umidade relativa media é de 68%. Os meses de maior precipitação são Janeiro e Fevereiro. O clima chega a ser muito parecido com o do Brasil.Sua vegetação é Amazônica.

Gastronomia

A cidade é conhecida em todo o país pela excelente tradição gastronômica. Isto se deve à diversidade cultural da população. Entre os pratos mais famosos, estão, nas comidas, Picante de Pollo, Majao ou Majadito, Locro e Sopa de maní; e nas bebidas, Mocochinchi, Somó e Chicha. Também os muito conhecidos: Cuñapé, Zonzo, Empanada de arroz, queso, jigote e carne, Bizcocho de trigo, Masaco de plátano e de yuca, Arepa, Salteña e Queque.

Economia

Avenida 26 de febrero É um importante pólo da produção petroquímica da Bolívia, em especial da produção de gás natural que exporta para países vizinhos. Os principais setores que movimentam a economia são os hidrocarbonetos, empresas florestais e a agroindústria.

Meios de Comunicação

Conta com todos os jornais diários a nível nacional mas possui vários jornais locais com notícias da cidade e da região. Entre os principais estão: El Deber Diario Mayor, El Mundo Prensa Mayor y Nuevo Día.

Educação

Santa Cruz é considerada um pólo de educação em toda a Bolívia por possuir diversas universidades em todas as áreas, tais como:

  • Universidad Autónoma Gabriel René Moreno, UAGRM (Estatal)
  • Universidad Privada de Santa Cruz de la Sierra, UPSA
  • Escuela Militar de Ingeniería, EMI, EMI
  • Universidad Empresarial Mateo Kuljis, UNIKULJIS
  • Universidad Técnica Privada de Santa Cruz, UTEPSA
  • Universidad NUR
  • Universidad de Aquino de Bolivia, UDABOL
  • Universidad Cristiana de Bolivia, UCEBOL
  • Universidad Católica de Bolivia San Pablo, UCB
  • Universidad Evangélica de Bolivia, UEB
  • Universidad Privada Domingo Savio, UPDS
  • Universidad Franz Tamayo, UNIFRANZ
  • Universidad Nacional del Oriente, UNO
  • Universidad Ecológica
  • Universidad Privada Cumbre

Transportes

A cidade possui dois aeroportos: Aeroporto El Trompillo e Aeroporto Internacional Viru Viru.

Fonte: Wikipedia


2.1492238044739